Não deu


Não foi desta vez ainda o título de expressão nacional no ano do centenário. Entrando em campo afoito e desatento à marcação, o time colorado levou dois gols antes dos 30 minutos, o que passou a exigir um milagre para chegar ao título. No segundo tempo, o Inter ainda teve garra e hombridade para buscar o empate, mas o destempero de D’Alessandro, injustificável apesar da irritante catimba corinthiana, encerrou de vez qualquer sonho de uma façanha. Desfalques e erros de arbitragem à parte do primeiro jogo, no conjunto da final o time paulista mereceu o título.
Cabe ao Inter lamber as feridas, analisar o que está errado, fazer as correções necessárias e seguir em frente buscando o título do Campeonato Brasileiro. Preocupam a má fase de Índio, a irregularidade e desequilíbrio psicológico de D’Alessandro e o sumiço de Taison em decisões. Porém, estes problemas podem ser solucionados dentro do grupo, seja com treinamento ou, se necessário, substituições. O Inter possui dois jogos fora pelo Campeonato Brasileiro em seqüência, contra Náutico e Atlético Paranaense. Boa oportunidade para embalar e deixar os questionamentos de lado. Caso contrário, o cargo de Tite ficará ameaçado, e o belo trabalho realizado no início de temporada poderá ficar comprometido.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: