Classificação na raça


Ontem a noite o Inter deu mais um passo rumo a conquista do bi-campeonato ao garantir vaga nas Quartas-de-Final da Libertadores ao derrotar o atual campeão argentino Banfield por 2×0.

No primeiro jogo a vitória foi argentina por 3×1, num jogo muito polêmico com uma arbitragem muito equivocada. Diante deste placar o Inter teria que vencer por dois gols de diferença, dentro de sua casa.

Durante a semana o técnico Jorge Fossati foi alvo de todas criticas e toda a mídia estava relacionando sua permanência no comando do time com o resultado da partida,  declarações polêmicas do preparador físico esquentaram ainda mais os dias que precederam o jogo decisivo.

Todas as dúvidas, desconfianças e o receio ficaram para trás quando a bola rolou. A proposta do Inter era pressionar e marcar o primeiro gol o mais rápido possível, uma vez que um gol dos argentinos iria complicar bastante a situação. O time produzia no meio campo mas não conseguia ser efetivo na frente, ora perdiam a bola para a zaga ora desperdiçavam com um lançamento equivocado.

O time do Banfield veio para se defender e quando pegava a bola, ou dava um balão em direção a área contando com um erro da zaga ou ficavam jogando pelas laterais até que perdiam a bola e se fechavam para suportar a pressão colorada.

Aos 10min D’Alessandro acertou uma bola na trave num chute forte de fora da área mas nada de mais perigoso acontecia, houve um cruzamento para a área e Walter cabeçeou para fora, o Inter criava mas ainda não era efetivo.

Se o Inter não conseguia marcar seu gol o Banfield muito menos, teria uma chance em um lance polêmico em que num cruzamento a bola bateu no braço, que estava para cima, de Alecsandro dentro da área mas nem o bandeira nem o juíz marcaram nada.

No final do primeiro tempo, D’Alessandro, que já era o melhor em campo, numa bela jogada deixou Andrezinho na frente do gol e este fez o passe para Alecsandro empurrar para o fundo das redes, Inter 1×0 Banfield. O Inter foi para o vestiário aliviado e com meio caminho andado.

No segundo tempo a equipe de Jorge Fossati não foi diferente e continuou pressionando, o segundo gol era questão de tempo. Aos 12min do segundo tempo a bola foi alçada na área e o loco Walter se antecipou a zaga e testou para o fundo das redes.

A torcida e o time entraram em êxtase e continuaram a dominar a partida, o Banfield não criava e não levava perigo ao time colorado a zaga bloqueava todos avanços e dava tranquilidade para o restante da equipe.

O grande nome do jogo foi D’Alessandro, Nei fez uma grande partida ao lado de Sandro que jogou acima do que vinha apresentando, Andrezinho foi fundamental e a zaga também jogou muito bem também e não comprometeu. O ataque, apesar de fazer os dois gols necessários, ainda não está bom, pois pelo que o meio campo produziu deveriam ter marcado mais gols.

Agora é Estudiantes, peleia braba!

Ao menos com a classificação e a garantia da continuidade no cargo Jorge Fossati tem uma semana para ajeitar o time, uma vez que jogará com time misto na estréia do Brasileirão diante do Cruzeiro. O Inter tem que arrumar a casa e organizar o time para lutar pelo bi-campeonato continental, chances tem, mas o caminho não é fácil.

Centroavante marcou o primeiro gol da vitória colorada

Fonte: ClicRBS

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: